O tarde de 8 de janeiro será a primeira de teatro infantil, com Sambinha!

Através de um enredo simples, que traz à cena o encontro casual de uma menina da Zona Sul (Maria Luiza) com um menino do subúrbio carioca (Junior), Sambinha apresenta às crianças 17 sambas de importantes compositores da música brasileira.

Maria Luiza e Júnior se encantam um pelo outro e trocam experiências a partir da realidade de cada um. O musical se propõe a mostrar os diferentes universos: o morro e o “asfalto” de uma forma poética e musical, tendo sempre o samba como inspiração.

foto-forro-em-alta-2-corte

Trilogia
Nos três primeiros domingos da Arena banco Original, o público poderá acompanhar uma trilogia de sucesso voltada para as crianças. O projeto “Teatro Músical Brasileiro para Crianças – Sambinha, Bossa Novinha – A Festa do Pijama e Forró Miudinho” faz uma viagem lúdica pela nossa música popular, através do teatro, apresentando ao público infantil esses gêneros musicais brasileiros tão vibrantes e envolventes.

O foco principal está na cultura musical brasileira, que encontra uma forte expressão no Samba, na Bossa Nova e também no intercâmbio com os ritmos de todas as regiões do País, como é o caso do Forró.

“Sambinha”, o 1o musical dessa trilogia, recebeu os Prêmios Zilka Salaberry 2013 de Texto (Ana Velloso) e Direção Musical (Ricardo Rente) e foi indicado às categorias Direção (Sergio Módena) e Cenário (Espetacular Produções); Foi indicado ao Prêmio FITA de

Melhor espetáculo em 2013 e recebeu o Prêmio CBTIJ 2014 de Melhor Coreografia (Édio Nunes), além das indicações ao Prêmio CBTIJ de melhor Texto, Produção e Espetáculo.

“Bossa Novinha” estreou em 2014, recebeu o Prêmio CBTIJ de programação visual (Cacau Gondomar) e Direção Musical (Ricardo Rente), além de inúmeras indicações nos Prêmios CBTIJ e Zilka Sallaberry, entre elas Melhor Coletivo de Atores e Atrizes.

“Forró Miudinho” foi vencedor em seis categorias do Prêmio CBTIJ 2015 – Texto (Ana Velloso), Direção (Sergio Módena), Melhor Espetáculo, Coreografia (Édio Nunes), Elenco, Programação Visual (Cacau Gondomar). Foi indicado ainda nas categorias: Direção Musical (Ricardo Rente), Figurino (Espetacular Produções) e Produção (Lúdico Produções). O espetáculo foi indicado também aos Prêmios Zilka Sallaberry de melhor atriz (Vera Novello), e melhor Direção Musical (Ricardo Rente), além dar à Lúdico Produções o Prêmio Especial pela realização da Trilogia e por manter os três espetáculos em temporada simultaneamente.

A Lúdico Produções está indicada ao Prêmio FITA 2016 de Melhor Produção pelos espetáculos Forró Miudinho e Vianinha Conta O Último Combate do Homem Comum.

Todos os espetáculos dessa Trilogia foram indicados pela Veja Rio entre os 5 melhores das temporadas em que estrearam e receberam a cotação de 4 estrelas (Sambinha e Bossa Novinha) e 5 estrelas (Forró Miudinho) .