Existe algum artista que você admira que não pirou? Paulo Tiefenthaler prega a piração focada e garante: a arte (no palco, na cozinha, na vida) depende das ideias transloucadas e aparentemente fora de lugar. Depende daquilo que só você pensa e muitas vezes tem vergonha de mostrar. A palestra de Paulo na Arena Banco Original será no dia 28 de janeiro, sábado, às 15 horas.

Agarrado às suas ideias mais doidas e determinado em tirar arte delas, Paulo ganhou o prêmio de Melhor Ator no Festival de Gramado, em 2016, com filme “O Roubo da Taça” e em 2009 ficou com o prêmio APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte – de Melhor Programa de Humor na TV, com “Larica Total”. Também dirigiu 5 curtas e atuou em 17 séries e longas metragens. Hoje, Pauloapresenta no Rio de Janeiro, “Fome, o musical”, algo entre um espetáculo gastronômico no palco e um show dançante na cozinha.